Teusetons

Definindo objetivos financeiros

Por Stephanie Martins

No artigo dessa semana vamos falar sobre finanças e eu gostaria de te fazer repensar a sua relação com o dinheiro, por mais desafiador que pareça, é importante ter um bom planejamento financeiro.

O planejamento financeiro começa basicamente com o controle do quanto de dinheiro que entra e o quanto de dinheiro que sai da sua conta, não parece difícil né? Já pega papel e caneta aí, vamos deixar as planilhas de Excel para quando você pegar gosto por gerenciar o seu dinheiro e houver a necessidade de cálculos mais complexos.

Então vamos lá, a partir dessa análise de quanto que entra x quanto que sai mensalmente, é interessante você listar os seus gastos fixos mensais (que são aquelas contas que você paga todo mês, como aluguel, internet, financiamentos etc.) e considerar uma margem de gastos variáveis (que são aqueles inesperados, como despesas médicas, manutenções de urgência etc), com essas informações em mãos torna mais fácil de entender onde está indo o seu dinheiro, se é possível fazer algum corte/redução (talvez fazer uma redução no seu plano de internet móvel, por exemplo).

Agora que você já entendeu a sua situação financeira, sabe quanto está sobrando ou o que você pode abrir mão nesse momento para que passe a sobrar dinheiro, vamos as dicas que vão te ajudar a alcançar os seus objetivos.

DICA 1 – DEFINA SEUS OBJETIVOS.
Avalie e entenda por que você quer juntar dinheiro e lembre-se: tudo que você pode imaginar, você pode alcançar! No meio do caminho talvez sejam necessários alguns sacrifícios, deixar de comprar alguns lanches, algumas blusinhas, mas é normal, um passo de cada vez, o importante é não desistir.

DICA 2 – GASTE MENOS DO QUE GANHA
Esteja atento aos seus gastos para não gastar mais do que ganha, registre suas despesas para que você possa controlar melhor, afinal, “se você não pode medir, não pode gerenciar”.

DICA 3 – MONTE SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA
A reserva de emergência é um dos principais princípios quando falamos em finanças, o valor da sua reserva deve ser equivalente a 3 meses de despesas médias mensais. Esse é um dinheiro que você vai deixar reservado para casos de necessidades futuras. Algumas coisas fogem do nosso controle e para não sermos pegos desprevenidos, bora construir a reserva de emergência.

DICA 4 – CRIE UM ORÇAMENTO PESSOAL
Nesse momento a utilização de planilhas de Excel ou aplicativos podem ser ótimos aliados. Com o orçamento pessoal bem definido será possível fazer previsões, analisar gastos e tomar decisões mais eficientes com o seu dinheiro.

DICA 5 – LISTE TODAS SUAS METAS, OBJETIVOS E DESEJOS DE VIDA
Você já deve ter escutado que o tempo vai passar de qualquer forma, então por que não usar esse tempo a seu favor para construir os seus sonhos e realizar seus objetivos? E não deixe para começar na próxima segunda ou no próximo dia 1°, comece já!! Não esquece de anotar, o registro por escrito facilita sua visualização e fixação mental, o que te ajuda a manter o foco. Uma dica é: Faça um cartaz com os seus objetivos e coloque em um local que você possa ver todos os dias.

DICA 6 – DETERMINE UM PRAZO PARA CADA OBJETIVO
Os prazos te ajudarão a ser mais assertivo e manter o foco para alcançar as metas, assim você poderá determinar onde está agora, onde quer chegar e em quanto tempo você vai chegar.

DICA 7 – DETERMINE UM VALOR FINANCEIRO PARA CADA META
Seja sua meta uma viagem ou um carro, se você estiver com o valor financeiro definido vai ficar mais fácil de visualizar para que você possa trabalhar a favor do seu objetivo. Determinando um valor financeiro, você também poderá perceber com mais facilidade o que deve fazer para atingir seus objetivos.

DICA 8 – REVISE SEU PLANEJAMENTO FINANCEIRO PELO MENOS 1 VEZ POR ANO
Revisar o planejamento pelo menos 1 vez no ano vai te mostrar quais foram os objetivos que você alcançou e vai te impulsionar para definir novos objetivos, o seu planejamento vai funcionar como um guia e vai te proporcionar muito conhecimento sobre você mesmo.

O objetivo do planejamento financeiro é te ajudar a tomar melhores decisões com o seu dinheiro e definir objetivos dentro da sua realidade. A partir do momento que você assumir esse compromisso com você mesmo, você estará proporcionando uma vida mais equilibrada, terá consciência para cortar gastos desnecessários e reconhecerá com mais facilidade onde está indo o seu dinheiro.

Dica de leitura para iniciar nesta jornada: O Homem Mais Rico da Babilônia de George Samuel Clason.

Comentários e sugestões para: relacionamento@teusetons.com.br


Quer conferir as referências citadas no episódio?

Acesse as nossas Indicações de Leitura.


Acompanhe a gente no InstagramFacebook e LinkedIn para conferir tudo o que rola nos bastidores do Teus&Tons!

O que é necessário avaliar para escolher um despachante aduaneiro?

Por Rodrigo Teixeira

Quando falamos sobre os intervenientes presentes nas operações de importação e exportação, é fundamental citar o papel do despachante aduaneiro. Ele é o responsável por representar empresas importadoras e exportados junto à Receita Federal do Brasil, órgãos anuentes e até mesmo outros membros da cadeia logística.

Continue lendo “O que é necessário avaliar para escolher um despachante aduaneiro?”

Teus&Tons #48 — Situação logística atual

Teus&Tons #48 — Situação logística atual

Após todos os manejos para a recuperação do mercado logístico mundial, ainda estamos longe de estar no fim da crise. Tendo isso em vista, os debates sobre como o mercado se comportará após esse período é decisivo para o futuro do comex.

Confira o nosso episódio #48 do podcast para entender o que estamos presenciando, e o que virá a acontecer com:

Continue lendo “Teus&Tons #48 — Situação logística atual”